terça-feira, 14 de outubro de 2008

Coração de Fã!



Foto 1: Brida, Adriano Siqueira, Giulia, Paty. Imagem: Adriano Siqueira
Foto 2: Giulia, Clinton Davisson, Ana Cristina, Cristina Lasaitis e Cláudio Villa. Imagem: Sílvio Alexandre

Pois é, os fãs dos seriados, dos animes, de HQs e de RPG têm protagonizado os eventos populares de maior entusiasmo e animação nos últimos anos. No início, muita gente “séria” torceu o nariz para esses entusiastas que gastavam horas e horas fazendo roupas, vestindo-as e imitando os trejeitos de seus personagens favoritos. No entanto, a cada ano mais pessoas percebem que é o maior barato participar desses eventos, curtir esse clima descontraído, bem-humorado e, principalmente, transformar-se em seu herói, heroína ou vilão favorito por um dia.

A verdade é que tem muito marmanjo babando ao ver garotas lindas desfilando com as roupinhas curtíssimas de colegial japonesa dos personagens de animes. E quem não gostaria de andar por aí, apavorando a galera com a indumentária sombria dos clãs vampíricos do “Vampiro, a Máscara”? Ou marchar com as roupitas poderosas de Lara Croft? No país do Carnaval, o sonho de viver uma fantasia, mesmo por um dia, continua em alta. Pois há muita semelhança de paixão, inventividade e dedicação entre um carnavalesco de escola de samba e um “fã-nático” paulistano que se empenha em produzir seu uniforme de Jedi durante os finais de semana, montar miniaturas da Estrela da Morte, inventar uma forma engenhosa de reproduzir o corpo robótico do General Grievous ou os veículos AT-AT Walkers. E, assim como o Carnaval, que começou como uma manifestação popular e acabou se tornando um megaespetáculo turístico, os eventos de cultura pop estão crescendo e se tornando um programa legal para quem quer curtir suas paixões e hobbies na companhia de pessoas com gostos semelhantes.

Bem, tudo isso foi para dizer que o Jedicon foi muito divertido em vários sentidos. Eu adoro participar desses eventos de fãs. Adoro ver as fantasias, adoro ver a forma como se divertem, caindo de cabeça num mundo de fantasia, não dando bola pra essas pessoas que dizem que tudo isso é bobagem, infantilidade, imaturidade, e acham mais bacana ficar em casa, entediando-se e envelhecendo. Sim, pois a gente envelhece mais rápido se levarmos a vida sem um pouco de fantasia... É ou não é?


Outro lado legal foi rever o pessoal que eu encontro sempre nos eventos de fãs. O pessoal do Conselho Branco (fãs dos livros de Tolkien) e participantes da GELF (Grupo de Estudos de Literatura Fantástica): Fábio, Alcarinquë, Elener, Valié, Vairë e Mandos; a simpática Patthy, do fã-clube de James Bond; Khristyn Morris que conheci há anos atrás no Castelo MacWacko do Highlander; os rapazes do fã-clube dos Transformers; Fabíola, Marcelo e Mary do fã-clube do Star Wars e tantos outros amigos.

Foi gostoso conhecer gente nova, o pessoal que parava quando eu provocava: “Jedis também gostam de vampiros?” e vinha, sorridente, conhecer esta autora que vos escreve... E que também está batalhando pra um dia merecer um pouquinho dessa atenção. Quem sabe, no futuro, né?

Adorei conhecer o trekker José Paulo, que contou suas aventuras para salvar a sua coleção de miniaturas de naves da série Jornada nas estrelas da sanha destruidora de sua faxineira; foi divertido conversar com o pessoal do CLFC (com a augusta presença da presidenta Ana Cristina Rodrigues, dos escritores Cristina Lasaitis, Renato Azevedo e Clinton Davisson), com Janaína e Horácio da OPELF, com o Sílvio Alexandre, com Ivo Heinz, com a sempre sorridente Sílvia Penhabel; dividir a mesa com Simone e Ju da Giz Editorial e os escritores J. Modesto, James Andrade, Adriano Siqueira e Sérgio Pereira Couto. E... ufa! Devo ter esquecido muita gente, mas não é fácil lembrar de tantas caras conhecidas!

Ah, e finalmente pude entregar o exemplar da Scarium Lobisomens para a autora Mariana Albuquerque, que apareceu por lá com o seu namorado Renato. Ainda bem!

O evento foi montado no estacionamento do prédio da APCD. Além dos cosplays, teve concursos, sorteios, sketches humorísticos, apresentação de curiosidades sobre os filmes da série Star Wars. Na área de “Mercado das Pulgas”, aconteceu a feira de miniaturas, roupas, livros, DVDs e qualquer coisa que se possa imaginar nesse universo de fãs. Só fiquei chateada porque não consegui uma camiseta de “V” de Vingança para o meu amado consorte (que, no caso, estava sem-sorte, eu acho...rs).

É isso aí. Quem não foi, perdeu!

Beigiunhos e boa semana!

6 comentários:

Adriano Siqueira disse...

Ola Giulia,
adorei os seus relatos sobre a jedicon e realmente é muito interessante saber que todos tem o seu merecido espaço para divulgar nossos trabalhos.
Espero que sempre nos encontremos nestes eventos pois para nós é ótimo estar unido com toda esta turma.

beijos :-)
dri

Patthy disse...

Bom dia morceguinha. Disse tudo. Nos tarxam de nerds mas no fundo no fundo todos queriam fazer o q fazemos. Sonhar um pouco num mundo tão sombrio (no mal sentido) é primordial p/ vivermos. É como diz o tema de um dos filmes de Bond: "Nós temos duas vidas: uma p/ nós mesmos e outra p/ os nossos sonhos" Bjs e obrogada por me destacar em seu blog.

Martha Argel disse...

Ah, como eu queria ter ido, em vez de desfrutar dos confortos do hospital Paulistano...
Mas foi uma causa nobre.
Adorei seu relato!
beijos

Giulia Moon disse...

Adriano, o vampiro de mil interesses! Foi legal saber que você tem tantas miniaturas de Star Wars!

Patthy, como dizia um outro tema de Bond: viva e deixe morrer... rsrsrsrs

Tita, todos perguntavam de você, claro. Sentimos sua falta! Na próxima, as irmãs siamesas Giulia Argel e Martha Moon voltarão a atacar!
Beigiunhos!

Giovani Iemini disse...

aqui em bsb esses eventos são pequenos.
sp é que é fera!

Atilassauro disse...

Olá Giulia.
Adorei o novo blog.
E obrigado pela visita.
Saudades suas.
Beijos.